O que é Storage?

Chama-se de Storage a solução para gerenciamento e proteção de informações de uma rede local. É o dispositivo em que os dados dessa rede são centralizados a fim de expandir sua capacidade de armazenamento, performance e/ou segurança. Dessa forma, Storages acabam servindo como servidores de arquivos, backups, área de compartilhamento e colaboração de dados, entre outras funções que envolvem a administração de informações de determinada rede.

Esses sistemas são tipicamente compostos por duas partes: controladores (ou storage processors) e gavetas (ou drive enclosures). O primeiro se trata da parte do equipamento responsável por gerenciar a conectividade, o acesso aos discos e conter as configurações do dispositivo. Já o segundo se trata dos acessórios que recebem os discos. Os Storages mais sofisticados são construídos de forma a permitir a expansão de sua capacidade somente pela conexão de novos dispositivos.

Qual Storage comprar?

Se você percebe a necessidade de utilizar esse sistema em sua rede, é importante saber que hoje existem quatro tipos de Storages, que se diferenciam por suas capacidades e pela forma como se conectam às redes. DAS, NAS, SAN, FAS: entenda suas características e descubra qual modelo melhor atende sua necessidade.

Storage - o que é e como escolher

DAS (Direct Attached Storage)

Como o próprio nome sugere, a principal característica desse tipo de dispositivo é sua conexão direta aos computadores via USB, e-SATA ou Firewire, sejam eles servidores ou estações de trabalho. O DAS é um dispositivo externo, que funciona, em resumo, como um disco complementar de armazenamento, uma extensão.

Destaca-se nessa classe a grande versatilidade para armazenamento. A utilização de dispositivos DAS consegue aumentar facilmente a performance de algumas aplicações, podendo também realizar backup e compartilhamento de dados entre os computadores conectados.

NAS (Network Attached Storage)

Ao contrário do modelo anterior, o NAS é ligado diretamente na rede e funciona como um servidor de arquivos, pois roda um sistema operacional completo. Ele centraliza os dados, também permitindo compartilhamento e gerenciamento de informações da rede.

Uma das características do NAS é o fato de poder ser compartilhado por mais de um usuário e realizar armazenamento de dados via bloco e não via arquivo, como no DAS. Trata-se de um gerenciamento mais eficaz, versátil e simplificado.

SAN (Storage Area Network)

A principal característica desse modelo de storage é que se trata de uma rede dedicada de armazenamento composta por servidores e storages. Opera com com blocos de dados e também é conectado diretamente. Seus benefícios são facilitar o compartilhamento entre os servidores e simplificar as operações de TI. É um sistema que oferece maior disponibilidade e resistência, aumentando consideravelmente desempenho, velocidade e segurança dos dados armazenados.

FAS (Flash All Storage)

Trata-se de um Storage desenvolvido para trabalhar com armazenamento em memória flash e SSD. Seu principal diferencial é a conexão direta com SSD da rede, sem a necessidade de usar HDD convencionais ou discos rotacionados e partes mecânicas.

É indicado para ambientes que demandam um alto número de acessos simultâneos. É a solução de armazenamento de mais performance disponível no mercado atualmente.

Post a comment